ENFERMARIA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mensagem por Legião Fulminata em Dom Set 17, 2017 11:51 pm
Enfermaria


A enfermaria do Acampamento Furna é localizada próximo as Alojamentos, sua estrutura resumindo-se em uma enorme tenda branca e aberta, com diversas camas espalhadas por toda a sua extensão. Os Curandeiros tem todos os materiais necessários para cuidar dos ferimentos usais dos campistas.

I. Os players que quiserem recuperar o HP/MP podem recuperar até 50 pontos por post;
II. Os curandeiros que postarem cuidando dos ferimentos de NPCs podem ganhar até 250 pontos de experiência;
III. Os curandeiros que postarem cuidando dos ferimentos de players podem ganhar até 300 pontos de experiência e o player — cuja postagem também é necessária —, podem recuperar até 100% do HP/MP total.
Legião Fulminata
http://principia.forumeiros.com
avatar
Probatio

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Ter Maio 01, 2018 4:36 am


it doesn't hurt too much
stay quiet



Não era incomum que semideuses aparecessem machucados todos os dias, isto quando não morriam um ou dois. Os que voltavam vivos, porém feridos, eram jogados sob a responsabilidade dos semideuses suportes e dos curandeiros. Talvez minha responsabilidade seja dobrada, já que sou um suporte e curandeiro, não? Mas que seja, meu trabalho não se tornaria menos exaustivo ou importante se fosse apenas curandeiro ou suporte. Estaria com vidas em mãos a depender da gravidade dos ferimentos.

Estava brincando com os dedos, já na enfermaria, e os estalando um por um quando vi um pequeno movimento na frente e então um jovem entrar com três cacos de lousa nas mãos e dois no antebraço, soltei um suspiro e virei rapidamente para a prateleira e saquei dali um pote com uma pasta da Agrião Bravo que serviria para anestesiar, uma plana que anos atrás só conseguiríamos encontrar com mais facilidade no Brasil, mas com a mudança global e com o poder de outros filhos de Prosérpina, como eu, achar e cultivar ervas medicinais com maior facilidade.

-Deite-se na maca por favor. Vai arder um pouco no começo... - Coloquei o pote na cabeceira da maca e enfiei um pano, talvez de um modo não tão sutil, na boca do rapaz e deixei que meu poder natural começasse a fazer efeito também, para desconcentrar o garoto da breve "operação". Comecei a sutilmente passar o sumo da erva nos lugares machucados onde o sangue escorria e esperei por volta de cinco minutos para que o efeito já tivesse sido o suficiente para fazer um corte profundo sem ele sentir muito incômodo.

Notei o suor escorrer na testa do loiro devido a ardência e não pude evitar de rir baixo, o que lhe fez me lançar uma careta.

- Vou arrancar. - Sim, eu sei que a palavra arrancar é brusca e naquele tipo de situação poderia causar uma condição psicológica antecipada ao paciente enquanto a dor e o quanto de sangue ele iria perder, mas era divertido assistir seus olhos esbugalhados. O que foi? Não me julgue, eu tenho o nome de um dos sete príncipes do inferno. Lentamente, mas sem pestanejar, arranquei os pedaços de cacos um por um e os deixei sobre uma bandeja prateada. - Isso aqui vai ajudar a cicatrizar... - Sacudi um outro pote com uma mistura de camomila e calêndula e passei sobre os ferimentos e depois as enrolei como uma gaze. - Venha aqui a cada dois dias para trocar e fazer acompanhamento. - Bati ao lado dele na maca e sinalizei para que saísse dali. - Anda. Xô! - Enxotei. - Você não é o único machudado... - Sorri mais uma vez quando vi a cara dele de assustado. Cara, eu amo isso aqui.

Vantagens e Desvantagens:
VANTAGENS:
— CONHECIMENTO EM MEDICINA: Curandeiro ou não, seu personagem é o ideal para tratar quaisquer ferimentos de grau leve ou médio, podendo ter estudado um pouco o assunto no passado. Você pode fazer conhecimento das técnicas mais ortodoxas para curar um ferimento ou fratura.

— AGILIDADE: Seus movimentos são ágeis, você é capaz de se mover com velocidade facilmente. É capaz de se esquivar de golpes com facilidade e realizá-los ainda mais rápido do que o normal.

— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

DESVANTAGENS:
— MANIA [Estalar os dedos]: Seu personagem tem pequenos hábitos que podem não ser bem visto por onde mora ou ainda que atrapalham a si próprio ou seus companheiros.

Poder Ativo:
Odor Marcante [Inicial]: Filhos da Primavera possuem o controle de seu odor, podendo miscigenar seus hormônios para causar efeitos diversos com ele. No nível inicial eles causam apenas uma leve hesitação nos oponentes, de tão agradável que é. O raio de ação é de 2m. [Custo: 30 Pontos]

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Diana em Ter Maio 01, 2018 5:32 am
Avaliação


Eu simplesmente amei seu post e a forma como retratou uma situação simples de seu cotidiano com bastante humor. O personagem é extremamente cativante e me deixou na curiosidade para ler mais alguns posts.

Nenhum erro foi encontrado ao decorrer, portanto nada mais justo que lhe recompensar pelo texto:
+250 pontos de experiência

Atualizado ☽
Diana
avatar
Divindade Olimpiana

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Alexis Dahlia Black em Qua Maio 02, 2018 5:16 am
oh, shit
Os passos de Harry eram quase desesperados conforme avançavam pelos corredores escuros em direção até a Enfermaria, carregando a irmã com tamanha angústia que parecia sufocá-la, enquanto tudo o que Alexandra conseguia fazer era revirar seus olhos e pedir para ele ir mais devagar.

Eu não estou morrendo, idiota. É só um machucado e está quase curado. — tentou argumentar com o irmão, mas desde que ele a havia encontrado mancando pelos túneis, tentando chegar ao seu alojamento.

Cassandra havia mandado o namorado atrás da amiga depois que ambas voltaram da realidade alternativa, preocupada que Alexandra não fosse para enfermaria. O que fazia parte dos planos da legionária. Ela odiaria ter uma pessoa desconhecida cuidando de seus ferimentos, principalmente um ferimento que quase a havia levado para os domínios de seu pai.

Aparentemente, Harry estava chateado que havia sido a sua cópia a ferir a irmã e estava tentando compensá-la por isso, apesar de todos os olhares estranhos que as pessoas estavam lhe dando pelo caminho. Quando finalmente chegaram na Enfermaria, Harry a depositou em cima de uma cama, já gritando para algum Curandeiro vir ajudá-la.

Tudo o que Alexandra fez foi revirar os olhos.


Alexandra Alexis Dahlia Black

I'll open the door to heaven or hell


Alexis Dahlia Black
avatar
Prole de Plutão

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Qua Maio 02, 2018 6:56 pm


it doesn't hurt too much
stay quiet



Brincava com os fios de cabelo, puxando-os e logo depois os soltava e via voltar a sua textura comum. Sim, eu estava brincando, mas não reclame comigo. A enfermaria está vazia e não tenho muito o que fazer nesses casos, não posso curar fantasmas.

Foi quando entrou duas pessoas que pensou que nunca veria ali. Harry e Alexis Black. Sim, os Blacks filhos de Plutão, famosos por si só por serem filhos de Plutão e temidos por suas experiências em confrontos, nem mesmo eu, sendo um tanto tolo e teimoso, gostaria de provocar a ira dos gêmeos, porém aparentemente um já estava irado. Só pude respirar fundo.

- O que aconteceu? - Andei em passos longos, rápidos e firmes enquanto estalava os dedos e bastou apenas um rápido olhar para a ferida para saber que seria necessário alguns anti-inflamatórios e cicatrizantes, mas não poderia lhe dar qualquer um, poderia matá-la caso tivesse alguma substância em seu organismo e lhe desse, sem querer, algum medicamento que reagisse de modo maligno para o corpo dela. - E então? - Arqueei uma das sobrancelhas e meu olhar revezou entre os dois até o rapaz começar a falar. Analisei o ferimento mais de perto e não notei algo que denunciasse envenenamento e ela também não suava ou mostrava uma diferença corporal fora da média.

Virei-me de relance para a prateleira e peguei folhas de camomila e lavanda e fui para a parte mais interna da enfermaria e realizei a infusão, retornando com dois pires com chá. Sim, dois. Entreguei um para Harry e o olhei. - Parece que você está parindo... - Comentei depois de receber um olhar confuso dele. - É só para acalmar. - Andei até Alexis e segurei a nuca dela com um pouco de delicadeza e a ergui para que ela bebesse. - Não é legal fazer isto, mas não pode se esforçar por agora. - Ela bebeu a contragosto e em alguns minutos ela entraria em um estado de semi-consciência. - O dela era mais forte, e ela não parece muito confortável aqui. - Suspirei e novamente estava com a cara nas prateleira cheia de ervas, raízes e extratos.

Misturava em uma pequena cumbuca óleo de cravos-da-índia, gel de babosa e um pouco de pó de gengibre. Lentamente espalhei a mistura sobre a ferida da filha de Plutão enquanto a observava relaxar, quase que dormindo já. - É um anti-inflamatório e vai ajudar a curar e cicatrizar. Além do chá, também ajudará no processo de recuperação. Não era apenas para acalmar. - Espalhei mais um pouco ao redor da ferida, com um pouco da ajuda dos poderes de Esculápio, na perna e enrolei com gazes sem apertar muito a ferida, mas prendi as extremidades com esparadrapo. - Pronto. Qualquer coisa, podem me chamar ou trazê-la aqui, Harry. - Exibi um pequeno sorriso e me afastei para que ele a carregasse e então a levasse, para onde quer que eles fossem. Logo ela estaria acordada, e, provavelmente com muita raiva por ter sido sedada, mas vida que segue.

Vantagens e Desvantagens:
VANTAGENS:
— CONHECIMENTO EM MEDICINA: Curandeiro ou não, seu personagem é o ideal para tratar quaisquer ferimentos de grau leve ou médio, podendo ter estudado um pouco o assunto no passado. Você pode fazer conhecimento das técnicas mais ortodoxas para curar um ferimento ou fratura.

— AGILIDADE: Seus movimentos são ágeis, você é capaz de se mover com velocidade facilmente. É capaz de se esquivar de golpes com facilidade e realizá-los ainda mais rápido do que o normal.

— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

DESVANTAGENS:
— MANIA [Estalar os dedos]: Seu personagem tem pequenos hábitos que podem não ser bem visto por onde mora ou ainda que atrapalham a si próprio ou seus companheiros.

Poder Ativo:
[Nível 1] Toque Angelical I - Concentrando sua energia medicinal na palma das mãos, o curandeiro pode restaurar até 50 HP/MP por pessoa/animal. Pode aplicar em si mesmo [Gasto: 5 MP - Uso livre em enfermaria, limitando a um por paciente]

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Diana em Qua Maio 02, 2018 8:43 pm
Avaliação


Alexis
Como esperado, seu post foi simples e direto. Apesar de ter culpado a Cassie, tadinha, ela só queria uma aventura.
Recompensas: 100% de HP e MP

Asmodeus
Não posso negar que amo seus post na enfermaria, sempre demonstram sua personalidade e cativam o leitor a ler um pouquinho mais. Nenhum erro foi encontrado
Recompensas: +300 pontos de experiência

Atualizado ☽
Diana
avatar
Divindade Olimpiana

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Cassie Hudsson em Qua Maio 02, 2018 9:03 pm

Cassandra sentia enjoos já fazia alguns dias.

Deslizou dos lençóis de Harry, empurrando a porta de seu banheiro e depositando ali líquidos nada agradáveis. Ótimo, agora além de uma perna, também não possuía um estômago.

Colocou uma roupa de moletom, caminhando em direção a enfermaria. Desde que Asmo havia lhe ajudado com a horta subterrânea, sentia um imenso carinho pelo curandeiro. Ele certamente saberia que tipo de doença ela possuía.

— Ei, cabeção — sorriu na frente da enfermaria, observando o garoto sentado em uma cadeira. Cassandra tombou para frente, ainda tonta pelas náuseas que estava sentindo. Aproveitou para se espreguiçar na maca da enfermaria. Lançando um olhar amigável para a prole de Proserpina — Vômitos, enjoos. E por alguma razão, acho que estou intolerante à abacaxis. E olha, eu costumava a comê-los o tempo inteiro.

Tentou relaxar, deixando para que o garoto pudesse cuidar de sua situação.

「R」


I wanted to be with you alone and talk about the weather. But traditions I can trace Against the child in your face Won't escape my attention
Cassie Hudsson
avatar
Prole de Vulcano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Qui Maio 03, 2018 12:16 am


it doesn't hurt too much
stay quiet



Não estava reclamando, mas aparentemente, do nada, a enfermaria estava começando a ter mais movimento do que qualquer outros dias. Pelo menos desse jeito não teria que ficar estalando os dedos a cada quinze minutos depois de brincar com algum pote de algum ingrediente.

Finalmente tinha parado um pouco. Como se fosse a hora do almoço, mas não tinha hora marcada. Era algo do tipo: Parou de entrar gente? Senta rápido na cadeira e descansa, daqui há cinco segundo pode estar entrando alguém. E foi só pensar que ouvi alguém entrar. Ou melhor, ouvi alguém me chamar e aquela voz eu conhecia bem, cuja a dona era Cassie e seu Cotoco. Minha primeira reação tinha sido uma careta por estranhar Cassie entrando sozinho. Ela estava doente? Que incomum.

- Hey, Cassie! - Franzi o cenho. -  O que foi? Bateu em alguém grande demais para conseguir carregar sozinha e tem uns filhos de Marte trazendo a carga logo atrás? - Levantei da cadeira e tentei espiar entre a fresta da entrada, mas aparentemente ela realmente estava só. Ok. Estou um pouco assustado. Com os olhos, guiei todo o percurso dela até a cama e então listar os seus sintomas, só posso dizer que meus olhos se arregalaram na mesma hora, já sabia o que era, mas por pura preocupação e precaução resolvi dar a ela algumas pílulas naturais que não a causaria nenhum efeito colateral. Apenas alguns relaxantes musculares, vitaminas e energéticos a partir de frutas e pequenos extratos de folhas medicinais que lhe recuperaria a vitalidade e energia ao decorrer do tempo.

Deixei-na terminar de engolir as pílulas até lhe dar a notícia.

- Então... Cass? Bem. É bem capaz que esteja grávida. - Olhei para cima evitando o olhar indecifrável e indescritível da filha de Vulcano. Geralmente não me importaria com isto, mas as opiniões de Cassie e de alguns outros semideuses realmente fazia diferença para mim.

Vantagens e Desvantagens:
VANTAGENS:
— CONHECIMENTO EM MEDICINA: Curandeiro ou não, seu personagem é o ideal para tratar quaisquer ferimentos de grau leve ou médio, podendo ter estudado um pouco o assunto no passado. Você pode fazer conhecimento das técnicas mais ortodoxas para curar um ferimento ou fratura.

— AGILIDADE: Seus movimentos são ágeis, você é capaz de se mover com velocidade facilmente. É capaz de se esquivar de golpes com facilidade e realizá-los ainda mais rápido do que o normal.

— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

DESVANTAGENS:
— MANIA [Estalar os dedos]: Seu personagem tem pequenos hábitos que podem não ser bem visto por onde mora ou ainda que atrapalham a si próprio ou seus companheiros.

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Febo em Qui Maio 03, 2018 12:32 am
Avaliação



Cassie
Eu até me canso de avaliar vocês, porque nunca há realmente o que dizer. Tudo muito bom.
Recompensas: 100% de  HP e MP

Asmodeus
"Não posso negar que amo seus post na enfermaria, sempre demonstram sua personalidade e cativam o leitor a ler um pouquinho mais. Nenhum erro foi encontrado" - Diana, 2018.
Recompensas: +300 pontos de experiência

Atualizado ☼


THE SUN GOES DOWN
Febo
avatar
Divindade Olimpiana

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por August C. Graham em Sex Maio 04, 2018 4:11 am
End
And in the cold light i live to love and adore you. It's all that I am, it's all that I have. In the cold light, I only live for you. It's all that I am, it's all that I Have.
Why do I keep falling?
August não estava morrendo, e isso era óbvio pelo modo despreocupado em que caminhava e pelos sorrisos que dava sem motivo. A alguns dias, a prole de Júpiter se transformara em alguém diferente, mas não de forma a deixar de ser algo, mas sim, ganhar mais um pouco de motivos para sorrir. Tudo estava dando certo, apesar do mundo ainda estar um caos e os problemas no acampamento ainda existirem, ele sentia que um tempo precioso de paz havia se instalado.

Ou talvez fosse o que achava.

A questão naquele momento era que os cortes e arranhões do seu último grande feito estavam o incomodando. Descer como em um toboágua pelo aqueduto não fora algo bom para ele e o que ganhara foram mini cicatrizes que demonstravam resquícios de sangue seco que deixavam ele sempre com a mesma vontade de arrancá-las e claramente, ver o ferimento voltar a se abrir, juntamente as dores musculares de todos os tombos, batidas e outros que havia recebido durante o percurso do labirinto até o reservatório. Com um suspiro, ele adentrou a enfermaria, observando o local que pela primeira vez estava visitando, tomando respeito pelos pacientes e passando a falar em um tom calmo e baixo.

Asmodeus? Pode me dar uma mão? — Perguntou, enquanto buscava com o olhar a prole de Prosérpina que ele tinha certeza que poderia ajudá-lo a resolver qualquer situação. Qualquer situação dolorosa.

Here comes a thought. :

Itens:

— Tonitrus: Um Arco Recurvo feito a partir do Ouro Imperial. Tem aproximadamente 1,30m de uma ponta a outra, e sua característica mais notável é a presença de lâminas afiadas que se estendem por toda a parte externa da arma. Com isto, Tonitrus se torna uma arma tanto de longa distância quanto de curta, possibilitando a August que o use quando o inimigo se aproxima demais. Extremamente resistente, tem em seu lado interno o nome de seu empunhador e durante o dia adquire uma tonalidade amarelo-alaranjada, enquanto a noite, se torna prateado.

[— Aljava - Flechas de Ouro Imperial.]

Égide Pálaca — Um escudo feito de ouro imperial com o rosto do Gigante Palas desenhado em sua fronte. É semelhante ao primeiro escudo, feito com a pele do Gigante na Gigantomaquia. É feito para proteger, mas também para atacar já que quando lançado, projeta em suas bordas hastes afiadas semelhantes a lança de Palas. Ele volta a posse de August após perdido, se transformando em um pingente em com o formato da lança, preso em um colar.

King's Crown —  Uma coroa de folhas de louro douradas, feitas de ouro e banhadas com a energia mágica do gigante Palas. Ao ser ativada, cria uma armadura de guerra de mesma cor e extremamente resistente para proteção do usuário, como um grande rei deveria permanecer protegido durante a batalha. Uma vez por evento, convoca a ajuda de um legionário falecido para lutar em nome de Roma, e do portador da coroa.
Poderes:

Passivos:

Olhos de Águia - August tem sua visão altamente melhorada, como as aves que simbolizam seu pai. Pode usar para impedir que perca detalhes, enxergue o que está a grande distância ou melhore sua pontaria. Nesse nível ela compreende 25m, permitindo que ele leia mesmo uma inscrição em letra cursiva.

Aura Real I: Assim como a presença de Júpiter em meio a uma batalha dá esperança aos aliados e medo aos inimigos, a presença de August em uma batalha fortalece seus aliados e a si mesmo. Ele pode usar dessa habilidade para causar temor em inimigos mais fracos e fortalecer aliados também mais fracos que ele. A influência se dará na diferença de níveis somando um dano adicional de +4 a cada nível de diferença.
Ativos:

Hyper-Speed I - Os raios são conhecidos como descargas elétricas de extrema velocidade que atingem o solo e desaparecem em seguida. Nesse nível August tem um leve aumento em sua velocidade durante o turno usado. [20 MP] [Tempo de Espera: 3 Turnos.]

ThunderStorm I - August é capaz de invocar uma tempestade elétrica, onde diversos raios caem no campo de batalha. As descargas elétricas sempre focam em atingir August ou seu inimigo, dando a prole de Júpiter um aumento na relação de seus poderes ou queimando e eletrocutando seus inimigos. Nesse nível  porém a tempestade demora a se formar, levando entre 3-5 turnos podendo, inclusive, nem acontecer dependendo das condições climáticas. A tempestade dispara apenas três raios e depois desaparece. [40 MP] [Tempo de Espera: 5 turnos.]
V&D:

V -:
— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

— CARISMÁTICO: Seu personagem consegue lidar facilmente com o público, sem se deixar abater pela vergonha ou nervosismo. Costuma a impressionar aqueles ao seu redor, tornando-se de confiança rapidamente, a pessoa perfeita para falar em público ou passar algum recado.

— LIDERANÇA: Mesmo nunca tendo expressado o desejo de ser líder, você poderia cumprir tal função exemplarmente. É capaz de se tornar um líder em situações necessárias, apesar de não significar que os outros irão segui-lo sem hesitação, no entanto, poderão ficar impressionados com suas ações ou discursos.

— FRIEZA: Seu personagem nunca perderá a calma em situações de necessidade. Seu treinamento o forneceu a capacidade de manter-se calmo até nas mais desesperadoras situações, podendo influenciar aqueles ao seu redor para fazer o mesmo.
D -:

— ANSIEDADE: Manter algo inacabado é praticamente impossível para o seu personagem, enquanto ele está na espera de alguma coisa ou pessoa, ele não consegue ficar quieto ou parado, podendo acarretar um transtorno de ansiedade.

— AMBICIOSO: Não importa tudo o que seu personagem têm ou o cargo em que ele está, ele sempre irá desejar se elevar ou possuir mais. Ás vezes, não se importa com o que tem que fazer para conseguir o que deseja.

 
E ele observou o nascer do sol, como se fosse seu último. Era a primeira coisa que fazia ao acordar: Olhar o céu antes de enfrentar o perigo de um novo dia.
「R」
August C. Graham
avatar
Prole de Júpiter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Sex Maio 04, 2018 10:41 pm


it doesn't hurt too much
stay quiet



Mais um dia como qualquer outro no acampamento Furna: Sentinelas vigiavam, Batedores buscavam suprimentos, Vanguardas lutavam, ou apanhavam, e Suportes suportavam os choros dos demais semideuses quando botavam alguma coisa sobre suas feridas ou então quando faziam uma tala para um dedo quebrado. Não era muito diferente do que eu ouvia na enfermaria na maioria dos casos.

E assim que vi August entrar, deduzi que não seria muito diferente.

Balancei os dedos, pois havia acabado de os estalar e então fitei a prole de Zeus. - Fiquei sabendo do que aprontou... - Ri baixo. - Acho que tem sorte de não ter que, literalmente, receber uma mão. Ou as duas. - Dei de ombros e o analisei rapidamente, vendo nada além de alguns riscos em algumas partes do corpo, e aparentemente repetidas vezes magoados. Poderia chamar a atenção do filho de Júpiter, mas ele não é mais criança, a única criança que temos aqui agora é a que está a se formar na barriga da Cassie. - Você é bem resistente, floquinho de nuvem. - Virei-me para os diversos frascos na prateleira.

- Balas de rabo de leão, só tome a noite caso as dores não te deixem dormir - Entreguei para ele um saco com três dessa. - Apenas uma se ainda quiser acordar no dia seguinte. - Não é que fosse o matar, só faria com que ele ficasse apagado por mais algumas horas do que o de costume, mas talvez fosse melhor ele não saber disso. E depois com um emplasto de arruda, e um pouco de hortelã para ele aprender a nunca mais ficar mexendo nas feridas, comecei a aplicar sobre as regiões lesionadas enquanto o via reclamar que ardia e que eu não deveria botar mais, porém eu só podia rir. - Fica quieto e descansa uns quinze minutos, vou fazer um chá de camomila para você, vai ajudar a cicatrizar também. - Ri baixo e fui para a parte interna da enfermaria e depois voltei com a infusão e lhe entreguei a xícara de onde ainda saía vapor e alastrava o cheiro da erva no ambiente. - Se não beber a segunda opção é pior. - Comentei com a sobrancelha erguida e mostrei a vasilha de álcool. - Foi o que pensei... - August bebia aquilo como se fosse a melhor bebida do mundo.

Vantagens e Desvantagens:
VANTAGENS:
— CONHECIMENTO EM MEDICINA: Curandeiro ou não, seu personagem é o ideal para tratar quaisquer ferimentos de grau leve ou médio, podendo ter estudado um pouco o assunto no passado. Você pode fazer conhecimento das técnicas mais ortodoxas para curar um ferimento ou fratura.

— AGILIDADE: Seus movimentos são ágeis, você é capaz de se mover com velocidade facilmente. É capaz de se esquivar de golpes com facilidade e realizá-los ainda mais rápido do que o normal.

— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

DESVANTAGENS:
— MANIA [Estalar os dedos]: Seu personagem tem pequenos hábitos que podem não ser bem visto por onde mora ou ainda que atrapalham a si próprio ou seus companheiros.

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Diana em Ter Maio 08, 2018 12:50 am
Avaliação




Asmodeus
"Não posso negar que amo seus post na enfermaria, sempre demonstram sua personalidade e cativam o leitor a ler um pouquinho mais. Nenhum erro foi encontrado" - Eu, 2018.
Recompensas: +350 pontos de experiência

Atualizado ☽
Diana
avatar
Divindade Olimpiana

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Ter Maio 08, 2018 6:52 pm


it doesn't hurt too much
stay quiet



Estava chegando na enfermaria depois de ter assistido um filho de Somnus que tinha tido uma convulsão devido a um sonho intenso devido a desejos intensos. Então meus jovens, aqui podemos saber que o Ministério da Saúde de Furna adverte: Não tome viagra e depois vá dormir se for um filho de Somnus.Em um hora mais oportuna lhes conto o sonho e como acordei ele.

Mas mais estranho que isto era observar outros dois curandeiros saírem correndo do posto de trabalho gritando. Será que eles tinham cheirado a planta errada? Mas só franzi o cenho e continuei andando, coisas malucas acontecem aqui todo dia. Por exemplo, a Cassie está grávida de, provavelmente, algumas semanas. Não fiz um exame completo. E foi pensando nisso que segui para a enfermaria até o barulho de coisas se quebrando virem do meu estabelecimento favorito. Adoraria que fosse um monstro, ninguém toca nas coisas dos curandeiros e sai impune!

Tirei Black e Rose da cintura e comecei a rodar a adaga pela corrente embutida nela enquanto entrava na enfermaria lentamente e tentando não fazer muito barulho. Não tardou muito para me deparar com o causador de toda barulheira, acho que ficaria mais surpreso se fosse um monstro, mas era um filho de Marte tendo um ataque de fúria. Guardei as adagas e andei até o caixote de vidro e entrei, logo depois assoviei alto e o observei se virar, seus olhos estavam vermelhos, mas tinha dúvida se era por causa das pimentas amassadas nas mão dele ou se era sintoma da raiva. Acreditava que os dois.

O filho da guerra então começou a correr em fúria na minha direção enquanto permanecia estático e esperava apenas pelo show depois que o vi se bater contra o vidro reforçado e cair para trás desacordado. Não pude evitar de rir.

- Deveria te deixar aí e assim… - Revirei os olhos e o arrastei até o lado da maca e depois o carreguei, colocando-no em cima do colchão antes de prender suas pernas e pulsos. Andei para o que restou dos ingredientes ainda limpos e intactos. Esperei até que ele acordasse e já parecia estar melhor do seu ataque de raiva, mas ainda assim meti goela abaixo o chá de lavanda com cravo e limão, só para ter um gosto ruim. - Finalmente os refrescos. - Meus olhos brilharam ao ver a cara de desgosto do rapaz. - E não pense que acabou, jovem. Além de arrumar o que bagunçou, ainda vai lá fora buscar suprimentos para os curandeiros. Seja um bom batedor, para variar. - Pressionei o hematoma da testa dele com força. - Entendeu? - Como eu adorava aquele aquário de vidro.

Vantagens e Desvantagens:
VANTAGENS:
— CONHECIMENTO EM MEDICINA: Curandeiro ou não, seu personagem é o ideal para tratar quaisquer ferimentos de grau leve ou médio, podendo ter estudado um pouco o assunto no passado. Você pode fazer conhecimento das técnicas mais ortodoxas para curar um ferimento ou fratura.

— AGILIDADE: Seus movimentos são ágeis, você é capaz de se mover com velocidade facilmente. É capaz de se esquivar de golpes com facilidade e realizá-los ainda mais rápido do que o normal.

— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

DESVANTAGENS:
— MANIA [Estalar os dedos]: Seu personagem tem pequenos hábitos que podem não ser bem visto por onde mora ou ainda que atrapalham a si próprio ou seus companheiros.

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Ceres em Sex Maio 11, 2018 6:03 pm
Avaliação


Asmodeus

Oi, brotinho! Que eu mesma abençoe suas refeições :3

Gostei bastante da condução da sua narração, você soube conectar os acontecimentos descritos no post de maneira leve e divertida de ler. Estou rindo internamente pela situação do filho de Marte :v no mais, só deixo meus parabéns pela postagem incrível, pedacinho de primavera <3

+250 pontos de experiência
Ceres
avatar
Divindade Olimpiana

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Qua Maio 16, 2018 12:12 pm


it doesn't hurt too much
stay quiet



- Qual é o seu problema com louças? - Era o mesmo cara a quem prestei minha primeira assistência na enfermaria como Curandeiro de Esculápio. E ele novamente está aqui com ferimentos causados por cerâmica. - Você por acaso é criança e anda correndo com elas em mãos? - Estalei os dedos enquanto o observava sentar-se na maca. Suspirei pela falta de paciência, como se não bastasse ser um garoto desatento, lerdo ou qualquer outro adjetivo que justificasse seus problemas com aquele material que tanto se machucava, era um grande chorão. Mal havia tocado no braço dele e o semideus já começava a choramingar, não conseguia acreditar que ele era filho de Victória… Tá, tudo bem que nem todos os filhos dos deuses seguem suas principais características, mas…

Ultimamente estava muito ocupado com outros estudos para uma forma mais eficiente e aplicada para os antídotos contra venenos dos monstros. Desde a última vez que fui aos Campos de Marte e fui acertado por uma Dracaenae, os efeitos de uma pequena quantia de veneno das garras dela e já foi o suficiente para poder me fazer sentir dores até vir à enfermaria e conseguir assistência, mas quando depois de ter sido assistido, notei o quão retardatário era a ação dos antídotos na enfermaria contra as toxinas dos monstros. Mas agora tinha um garoto atrapalhando minhas estatísticas que monstros são mais perigosos que louça.

Fiz alguns curativos com com esparadrapo e gaze depois de limpar as feridas e ter parado pequeno fluxo de sangramento. das diversas áreas cutâneas danificadas. - Se aparecer aqui mais uma vez com esse tipo de machucado eu vou fazer com que deseje amputar o braço. - Abri um pequeno sorriso - Entendeu? - Acenei para o rapaz que saiu correndo da unidade de assistência.

Vantagens e Desvantagens:
VANTAGENS:
— CONHECIMENTO EM MEDICINA: Curandeiro ou não, seu personagem é o ideal para tratar quaisquer ferimentos de grau leve ou médio, podendo ter estudado um pouco o assunto no passado. Você pode fazer conhecimento das técnicas mais ortodoxas para curar um ferimento ou fratura.

— AGILIDADE: Seus movimentos são ágeis, você é capaz de se mover com velocidade facilmente. É capaz de se esquivar de golpes com facilidade e realizá-los ainda mais rápido do que o normal.

— CORAGEM: Seu personagem nunca irá hesitar em suas ações por causa do medo, apesar de ainda ser capaz de senti-lo, não terá um efeito tão profundo no seu psicológico, podendo ser facilmente controlado ou posto de lado.

DESVANTAGENS:
— MANIA [Estalar os dedos]: Seu personagem tem pequenos hábitos que podem não ser bem visto por onde mora ou ainda que atrapalham a si próprio ou seus companheiros.

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Asmodeus Bae em Qua Maio 16, 2018 1:19 pm


it doesn't hurt too much
stay quiet



O último treino era o que eu poderia chamar de fracasso. Arriscar-me de tal maneira em uma arena, era necessário para começar a evoluir. Não poderia ficar minha vida toda atrás das barracas, poderiam precisar de mim em tempo real no meio do campo de batalha, e para me adaptar a ele, precisava treinar e lutar. O tempo de movimentação de um paciente do campo até a enfermaria poderia significar sua morte, o tratamento deveria ser imediato.

Meu braço doía, além da dor da perfuração, as toxinas estavam fazendo efeito e machucando a carne. Caso demorasse mais poderia ser o meu sistema, alguma parte dele ou um órgão. Era jovem demais para perder o fígado sem sequer consumir bebida alcoólica.

Quando cheguei na enfermaria, retirei de imediato o pedaço da camisa que havia arrancado e usado para além de estancar o sangue, diminuir o fluxo de sangue pela região e retardar a contaminação no resto do corpo. Sentei na maca, o que causou um estranhamento em outro curandeiro que perguntou se tinha algum problema e precisava de ajuda. Sem a típica grande paciência peguei o pedaço de pano sujo e joguei na cara dele. - Responde sua pergunta, William? - Revirei os olhos e ele logo veio tratar dos meus ferimentos depois de o informar a ferida e a causa, além do veneno.

Ele trouxe uma seringa com o antídoto para o veneno da Dracaenae, mas eu não iria deixar ele me furar. Ninguém me fura a não ser que queira ser furado de volta. Tomei rapidamente a seringa das mãos dele e sem pestanejar, injetei o soro e o entreguei a frasco com agulha vazio, deixando-o cuidar da ferida exposta. Disto ele poderia cuidar.

it's a loop
Alone ● With Drugs ● Chapado q

Asmodeus Bae
avatar
Prole de Prosérpina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Danni Evans em Qua Maio 16, 2018 7:28 pm

blue world
THERE IS NO PEACE WITHOUT VICTORY, VICTORY WITHOUT GROWTH, OR GROWTH WITHOUT PAIN

Soube que tinha alguma coisa errada assim que experimentei dar um passo a frente. Senti como se eu tentasse me equilibrar em uma ponte de corda, minha mão buscando o braço de Davi não para chamar sua atenção, mas para manter o equilíbrio. Arranhões, esfolados, roxos... Essas eram coisas com que estava acostumada a lidar depois de um treino árduo, mas tontura? Não.

— Onde fica a enfermaria? — perguntei, minha voz carregando o leve agudo do pânico.

— Perto dos alojamentos.

Balancei a cabeça em um agradecimento silencioso, sentindo o mundo balançar junto. Minha mão voou para a testa, massageando as têmporas enquanto eu franzia o cenho.

— Acho que bati forte demais — ele disse, coçando a nuca calva. — Eu te ajudo a chegar lá.

— Não precisa. Eu consigo ir sozinha.

Mas precisava. Acabei aceitando o fato depois de algumas quase quedas e várias encaradas silenciosas. Soltei o ar num suspiro e passei um braço sobre os ombros do moreno, deixando que ele me conduzisse pelos corredores do labirinto até um conjunto de tendas brancas.

— Senta aqui — Davi falou, ajudando-me a me acomodar em uma maca vazia.

Antes que eu pudesse falar um “obrigada, agora eu me viro” meu futuro instrutor se afastou e foi conversar com um dos enfermeiros. Ele disse algo sobre concussão e eu fechei meus olhos com força. Quem diria que um simples golpe na cabeça daria tanto trabalho?

Danni Evans
Localização : Acampamento Furna

avatar
Prole de Hércules

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mensagem por Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum